sobre nós

Criada em 1999, pela socióloga e bailarina Mirtes Calheiros a Cia. Artesãos do Corpo é formada por bailarinos, performers, atores e pesquisadores de artes cênicas, com o objetivo de elaborar espetáculos e intervenções que provoquem a sensibilidade e a consciência do espectador para temas de interesse no mundo contemporâneo.

Utilizando o palco e locais não convencionais como espaços de atuação a companhia desenvolve uma pesquisa focada na diluição das fronteiras entre dança-teatro-performance e na investigação urbano coreográfica dos processos de influência, alteração e diálogo entre o corpo e a cidade...

saiba mais sobre a cia.
  • A dança apresentada no meio urbano ajuda o cidadão a perceber que a rua é dele, que foi feita para as pessoas e não é apenas lugar de passagem ou de carros. A cidade é feita de momentos duros, de corre corre, de violência, espetáculos que modificam o cotidiano suavizam esta relação com a cidade.

    Folha de São Paulo - Mirtes Calheiros em entrevista com Adriana Pavlova – 06/2008
  • DE REPENTE, DANÇA. Buzina, passos rápidos, relógio, horário, caos, pressa e, de repente, música, coreografia, dança, encantamento. Essa é a proposta de Visões Urbanas, o festival de dança em paisagens urbanas (...) O palco? Parque Mário Covas, MIS, Pateo do Collegio e Pinacoteca. Serão 30 apresentações gratuitas apresentadas por 13 grupos na cidade.

    PORTAL UOL – GLAMURAMA / REVISTA PODER – 22 de março de 2013
  • É um convite para olhar os espaços públicos de outra maneira, descobrir outras cores na cidade, outros percursos diante daquilo que se pretende normal.

    Mirtes Calheiros para o IDANCA.NET - 20 de março de 2013.